Encontrar maneiras de como poupar água na casa de banho vai para além de questões económicas. Atualmente, poupar este recurso essencial à vida é, sobretudo, uma questão ambiental e de sustentabilidade. Por isso, não podes perder as dicas que estão neste artigo direcionadas para esta divisão da casa.

Apesar da Terra se apresentar maioritariamente azul, apenas 3% do total da água existente é potável. Uma vez que este bem é cada vez mais escasso devido ao estilo de vida consumista, há que procurar formas de minimizar os impactos ambientais e também económicos. Assim  selecionei 6 dicas que certamente irão mudar a forma como geres o consumo de água em tua casa. Prepara-te para não pores o pé na poça!

Dicas para poupar água na casa de banho/banheiro

Lavatórios na casa de banho

1. Fechar a torneira enquanto não se usa

Esta é das dicas mais conhecidas de sempre. Contudo, nem sempre seguida. Por isso, sempre que lavares os dentes ou tratares do teu rosto (esfoliar, fazer a barba, etc), fecha a torneira. No caso da lavagem dos dentes, podes optar por encher um copo com água para não estares sempre a abrir a torneira. Caso contrário, estarás a:

  • Desperdiçar perto de 14 litros de água ao lavares as mãos ou os dentes com a torneira aberta. Ao usares copo, reduzes o consumo para 1 litro;
  • Gastar cerca de 40 litros ao fazer a barba. Se colocares uma tampa no lavatório, gastas apenas 2 litros.

2. Instalar torneiras temporizadoras

Outra questão relacionada com as torneiras e que faz toda a diferença: instalar as versões temporizadoras. A grande vantagem é que a água só sai enquanto o sensor detetar a presença do utilizador (neste caso, as mãos). Assim que se tira as mãos, deixa de sair água, havendo uma poupança de água considerável.

Como poupar água na casa de banho - banheira

3. Trocar os banhos de imersão por duches

Pode saber bem encher a banheira e ter uma sessão digna de spa. Contudo, este gesto pode significar um consumo de 200 litros de água. Por isso é que o duche é a opção mais indicada. Porém, lembra-te de fechar a torneira sempre que te ensaboares ou estiveres a passar produtos no cabelo. Caso contrário, por 15 minutos de duche com a torneira aberta estarás a consumir 180 litros. Se a fechares e reduzires o duche para 5 minutos, o consumo de água fixa-se nos 60 litros.

Quero tomar um banho de imersão. Dá para minimizar os impactos?

Caso não resistas a este capricho, fica a saber que há ainda forma de reduzires os impactos deste gesto. Como? Muito simples: antes de esvaziares a banheira, recolhe a água e verte-a para garrafões de água ou para baldes. Depois, podes usar essa água para usares como descarga (evitas usar o autoclismo) ou para lavar varandas, pátios ou o chão.

4. Aproveitar a água que sai enquanto se espera que ela aqueça

Continua a ser uma das dicas mais desprezadas e que mais impacto tem na fatura ao final do mês. Sabes quando esperas que a água fique quente antes de tomares duche? Escusas de desperdiçá-la! Coloca um balde debaixo da torneira para aproveitar a água que sai fria. Com ela poderás:

  • Usar no autoclismo;
  • Regar plantas;
  • Lavar peças de roupa;
  • Lavar o chão.

Casa de banho rústica

5. Equipar e tratar bem da casa de banho

Cuidar e equipar devidamente uma divisão traz benefícios a curto e longo prazo. No caso da casa de banho não é exceção. Assim, trago-te 5 passos importantes a serem seguidos nesta divisão.

Manutenção das loiças da casa de banho

O primeiro passo para poupar é, sem dúvida, apostar na manutenção. Além de evitar que as loiças se danifiquem, evitam-se desperdícios “inocentes” que, ao fim do mês, se tornam significativos.

Torneiras a pingar e fugas de água

Apesar de parecer um gasto inocente, uma torneira a pingar pode tornar-se numa verdadeira dor de cabeça ao fim do mês. Por isso certifica-te que não existe nenhuma torneira a pingar.

No caso do autoclismo, para ver se ele tem fugas, basta colocar corante na água e ver se a sanita larga água sem puxar o autoclismo. Se for esse o caso, trata dessas fugas para que o desperdício de água não aconteça.

Colocar uma garrafa de plástico no autoclismo

Se colocares uma garrafa de plástico cheia de areia no depósito do autoclismo consegues reduzir o volume de água em cada descarga. Essa redução é equivalente à capacidade da garrafa que colocares lá dentro.

Torneira a sair água

Limpar regularmente o sifão

Após um determinado tempo, o sifão começa a acumular muitos pedaços de lixo e até cabelo. Além da água demorar mais a escoar, o acumulo destas partículas pode levar a que o sifão entupa e, assim, aumentar os riscos de haver fugas de água.

Equipar a divisão com “extras”

Semelhantemente ao que acontece com a poupança na fatura da luz, equipar a tua casa de banho com alguns “extras” poderá mostrar-se eficaz na conta apresentada ao fim do mês. Um deles é instalar o compressor redutor de caudal.

Ao instalar um redutor de caudal nas torneiras estarás a diminuir o desperdício de água em 50%. No caso do chuveiro, essa redução vai até aos 80%. Por isso aplica este passo em todas as torneiras e chuveiros da casa para sentires os seus efeitos.

No caso do autoclismo, podes ainda substituí-lo por um sistema de dupla descarga. Assim tens duas intensidades de descargas para diferentes ocasiões. Quando aliada ao uso da garrafa de areia no depósito do autoclismo, a poupança é potenciada!

Sanita/Vaso sanitário com água

6. Não usar a sanita como um caixote do lixo

Costumas usar a sanita para te veres livre do teu lixo? Então tens que terminar já com esse péssimo hábito. Porquê? Porque além de estares a desperdiçar entre 7 a 15 litros de água desnecessariamente, estarás a poluir as águas usadas na descarga sem necessidade.

Tal como vês, existem diversas ideias de como poupar água na casa de banho. São todas simples de implementar e as diferenças são notórias de forma imediata. Lembra-te que mesmo que tenhas que fazer um investimento na remodelação da tua casa de banho, irás ter o retorno a quase de imediato na poupança da fatura da água.